sábado, 19 de dezembro de 2015

Natal em família.

       Hoje, sábado, dezenove de dezembro, aproximando-se o Natal. Planejei ir com a família à praia passar as festas de final de ano, não deu certo. Probleminha de saúde com meu genro, hoje se recuperando em casa. Deus decide por nós. Passo o Natal em casa com os dois filhos homens, meus netos, em família, com mais tranquilidade e segurança do que nessas rodovias.  O tempo continua chuvoso, abafado, enxurradas, ventos, destruição, nada condizendo com os enfeites natalinos como nos anos anteriores. Há um  ano hoje, retornei de Porto Alegre, onde passei um mês, curtindo a capital, passeando, como nunca havia feito em minha vida, ia e voltava.  A cada ano, tudo muda. Neste ano perdi minha mãe, idosa, mas nós, filhos e netos, não a queríamos perder. Está fazendo muita falta.
      Um final de ano de economia: crises econômicas  no contexto nacional, não permitem que nesse ano seja de muita festa e despesas. Inflação em alta, salários sem reajuste, despesas próprias desse período para quitar.  No Estado, se quisermos o décimo terceiro salário, só com empréstimo no Banrisul ou aguardar para começar a receber a partir de junho do ano que vem, em 6 parcelas. A que ponto chegamos, estamos pagando pelos desmandos dos governos, pelos roubos e corrupção.  O Congresso Nacional nos envergonhando, Deputados se agredindo e se acusando mutuamente. Os tempos mudaram,  Hoje, os políticos atuam, por interesses próprios e negociatas. Nossa democracia correndo riscos. Processos, briga entre os Poderes, Presidente em perigo de sair do Governo e sem perspectivas de alguém honesto para assumir em seu lugar.  Um final de ano melancólico para a nação e todos os brasileiros.
    O Natal é renascimento, é esperança, é festejar o nascimento de Jesus. Um dia de muita paz, amor, harmonia, confraternização em família,  assistir a missa e se reunir ao redor de uma mesa, numa ceia com quitutes feitos em casa, um pinheirinho piscando as luzinhas , os netos pequenos curtindo os presentes... A reunião da família na praia, fica para o ano que vem , se Deus quiser.

                      £uiza



Nenhum comentário: