segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Final de ano, quase, crises econômicas e sociais no país...



                   Outubro chegando ao final
                              O ano passando depressa
                              Primavera que ainda não vi
                              Intempéries causando estragos
                              País parado em meio a corrupção
                              Se olharmos poucos ficam fora
                              De toda essa bandalheira...
                              Prendem um, este denuncia outro
                              Economia indo ao brejo
                              Quantos não conseguem o básico
                              Para a família alimentar....
                              Desemprego, salários parcelados...
                              Insegurança e violência causando medo
                              Ninguém mais segura esse país
                              Que seria rico se bem administrado
                              Na politica, jogo de interesses pessoais
                              Povo faminto tentando sobreviver
                              Agora, se PEC for aprovada no Senado
                              Teremos 20 anos de marcar passo
                              Dizem: para o Brasil sair da crise....
                              Mas como tudo muda nesse enredo
                              Tudo é efêmero a cada gestão
                              A dúvida assalta os brasileiros
                              Outros grupos assumem, mais mudanças
                              O crime avança deixando estragos
                              Crises econômicas e sociais
                              Educação no caos, saúde em crise
                              Resultantes das más administrações
                              Que gastaram sem planejamento
                               Vamos andando, prá ver onde chegaremos...

                                          Lumah ( luizammanfredi)
                                     Publicado no Recanto das Letras
                                     30/10/2016
                             
                          ===========================

quinta-feira, 20 de outubro de 2016

Meditando no anoitecer.

 Anoitece...
O sol vai sumindo no horizonte ...
deixando reflexos dourados na natureza.
Mais um dia vai terminando...
anunciando a noite que vem chegando.
Nossa vida é assim, com seus altos e baixos.
dias ensolarados e lindos...
como um belo anoitecer...
outros deixando a desejar,
como uma noite escura, sem luar
no ar uma estranha nostalgia.
Mas, com  o anúncio de um novo dia,
doces esperanças vão surgindo
e uma nova visão de mundo,
vai penetrando em nosso ser...
mudando nosso pensamento
trazendo alegria ao nosso viver!

                            (lumah)
                       (luiza menin manfredi)
                        Publicado no Recanto das Letras.

                       imagem da web
   
          Resultado de imagem para anoitecer no mar

Devaneios do anoitecer.

 


                            O sol desce e chega a noite
                            momentos de paz e nostalgia
                            em que recordo com deleite
                            outros tempos, outros dias...

                                       (lumah)
                                (luiza menin Manfredi)
                                Publicado no Recanto das Letras.

                                   Imagem captada na web

                                   Resultado de imagem para anoitecer romantico

Melancolia.

 


                  Há dias em que nos sentimos melancólicos, sem motivo aparente.  Vontade de ficar quietos no nosso canto, sem sair de casa. Algo do subconsciente que nos aflige, que ressurge independente de nosso desejo. Com o passar do tempo, vamos ficando mais sensíveis e captamos energias negativas. São momentos, que devemos tentar impedir que se instalem dentro de nós. Para que não se transformem em algo patológico. Escrever é uma terapia excelente para isso. Manda-se embora a tristeza pelo simples fato de colocar para fora o que nos vai n'alma.

                            (lumah)
                      (luiza menin manfredi)
                      
                     Publicado no Recanto das Letras
                     Outubro de 2016

         Resultado de imagem para Momentos de melancolia

Oração.

 


                           Neste domingo, dia do Senhor,  agradeço a Deus, pelo exame realizado na semana que passou: Cineangiocoronariografia ( cateterismo), para analisar funcionamento do coração. Um procedimento que causa medo e se sabe, tem riscos. Comigo, dezena  de pessoas, mais da metade, terão que se submeter a colocação de "stends".  Meu sistema circulatório está muito bom.  Obrigada meu Deus e meus Anjos de luz!

                              (lumah)
                            (luiza menin manfredi)

                            Publicado no Recanto das Letras
                            outubro de 2016
         

Chuvas intensas



      Chove intensamente no Rio Grande do Sul, causando estragos em vários Municípios. Aulas suspensas. Rodovias com problemas, árvores caídas sobre a pista. Água invadindo residências. Situação preocupante e assustadora. Situação de calamidade. Nem São Pedro está me ouvindo. Rezar o salmo 91 e confiar em Deus, o homem não pode atacar essas intempéries.
                           
                             (lumah)
                     ( luiza  menin manfredi)
                     Editado em outubro de 2016
                     Publicado no Recanto das Letras.

                                  Imagem da web

                 
Resultado de imagem para Chuva

Aldravias

         Chove
                 muito
                      atividades
                             adiadas
                                  dormir
                                       escrever.

                                          (lumah)
                                ( luiza menin manfredi)
                               Publicado no Recanto das Letras
                                Editado em Outubro de 2016
               
                                             imagem captada na web


Resultado de imagem para Chuva

domingo, 2 de outubro de 2016

JARDIM DA VIDA



Cavei a terra
Senti o cheiro do interior
Plantei a semente
Brotou depois que a chuva regou
Senti a suavidade
Pétalas de flores brancas e bordô
Senti espinhos nos galhos que da planta brotou
Podei os galhos secos
Renasceram com vigor
Vi borboletas dançarem
Música que o vento tocou
Ouvi o canto do sabiá que por léguas ecoou
Vi o beija-flor tirando o néctar da flor
Vi então que parte da minha vida
A natureza mudou.
Jucélio Brito


            imagem da web
Resultado de imagem para jardim da vida